cheia

10363698_1498295687115755_3421179881418184512_n

me olhei no lago da lua
e me vi refletida
cheia
estanquei o sangue que ali lavava
mês a mês
dispenso o que me fere
o que não passa da superfície
pois gota a gota
preencho minhas lacunas
e o que vem ao encontro, é transbordar
vivências em abundância
estou cheia até a boca.
~
de palavras férteis, fartas
tenho me nutrido
habito um novo mundo
onde no espelho me admiro e acordo sonhos profundos
no leito em que produzo
leite & mel 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s