adentrei a neblina

12109233_881128555302606_4426748589572500655_n

para B.

 

adentrei a neblina

apertava os olhos tentando distinguir

as mãos que à frente iam

e me conduziam

 

tentava delicadamente

abrir

com a ponta dos dedos

a espessa e fina neblina

em vão

 

estava imersa

meu corpo coberto

de névoa

por todos os lados

 

branca

branca

branca

em todas as miradas

(me escurecia a vista)

se mergulhar

o rosto

nela

a transparência

encontro?

 

~

me sentia num mundo úmido

e impalpável

tateava o ar

cega

sentindo que sob a senda

da cerração

sentia-me

 

no silêncio

ouço

seu pulso

 

perto, bem perto

 

um fino voil de fumaça

reparte

a minha íris

da tua

íris

 

ia e ia…

sonâmbula

pela nebulosa

sugada

 

os cabelos de orvalho coroados

e todos

os pêlos

cintilam

enquanto espero

que se dissipe

Anúncios