Caravana: momento suspenso

caravana - capa - Cópia

‘Caravana’ é um momento suspenso, de transição. E sentimos que raízes também são viajantes, as tradições culturais são levadas conosco e fincam-se em outros lugares, e brotam reconfiguradas com as características da nova paisagem. A música, a poesia oral, o circo tem um movimento semelhante, itinerantes, mesmo possuindo uma origem, são levados a outros povos através de comboios e caravanas, e neste percurso também reúnem e criam histórias e pessoas. E neste instante transitório é onde o tempo é costurado.

* Em 27 de julho – sábado – suspenderemos o tempo. No Centro Cultural Rio Verde, a partir das 13 hs – Rua Belmiro Braga, 119, 05432-020 São Paulo

 

Anúncios

TOKAIA

TOKAIA

O Raízes do Pé, minha parceria com a Deborah Erê, irá participar deste lindo evento com intervenções e instalações, e também através de performapontes mesclaremos nossa poética a de outros grupos, como o Amoràterra, que desenvolve um trabalho multiartístico muito bonito, e toda a galera envolvida é muito talentosa. Participarei também da performaponte “Caravana” que envolve poesia, música e circo. A Tokaia está armada! Venha se entrelaçar a estas raízes e viajar por mundos sub e sob.

***

Essa festa é uma poesia. Uma não, somos várias. Um conjunto delas, uma manada poética. Poesia como um campo ampliado, um corpo esparramado, como um trava-língua(gen)s, experimentada como instauradora de novas proposições estéticas e políticas porque singulares.

Dizemos que estamos construtores de momentos –
Estamos mais que somos porque o deslocar é próprio da criação.

TOKAIA: consideramos nossas raízes por cimas de raízes. Na terra calada, fibras nervosas de raízes aéreas; é no coração de uma árvore, no oco de uma raiz ou na axila de um galho que encontramos tocas, fendas e lares – fecundamos. Se as hastes são subterrâneas, é o que emerge a superfície que sustenta as configurações relacionais, as perspectivas móveis.

Que se ofertam.